quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Pra finalizar

Comecei esse blog por um motivo principal: adoro escrever. Gosto tanto que naum admito escrever mal. Sei que pra escrever algo que interesse é necessario um motivo. Nada melhor que meu programa de au pair. No começo estava animadissima mas depois me coloquei tantas restrições que perdeu a graça. Acabou que esse blog nunca foi o que eu queria que ele fosse e percebi que esse tipo de blog naum é pra mim.

Depois de perder as esperanças com isso aqui continuei a escrever pois também tinha o intuito de manter meus amigos e familiares no Brasil informados e principalmente informar novas au pairs. Acabei chegando a conclusão que meus amigos e familiares preferiam conversar comigo no MSN e as novas au pairs, coitadas, nunca aqui ofereci nada de muito util ou interessante pra elas.

Não gosto de começar nada e naum terminar e menos ainda gosto de fazer coisas mediocres. Então resolvi voltar aqui e finalizar esse blog junto com o fim do meu primeiro ano. Depois de ter essa ideia rolando na mente por alguns dias, hoje tive motivação o suficiente pra concretiza-la. Esbarrei com uma amiga au pair que conheci no Brasil e colocando a fofoca em dia lembrei das velhas amigas au pairs do Brasil (que mudaram minha vida e por isso as terei no coração e na lembraça pra sempre, com muito carinho, todas elas) e resolvi visitar velhos blogs pra ver como andam. Achei interessante que aparemente todas nós estamos no mesmo barco em relação as nossas vidas. Todas nós tivemos nosso sonho realizado e agora estamos vivendo nossas vidas na real com o bom e velho torpor da rotina. Mas todas felizes e realizadas. Por isso resolvi voltar aqui e colocar um ponto final devido nesse blog.

Meu check de reembolso da au pair care chegou essa semana (sabe aqueles $500 que a gente paga quando faz o match e recebe de volta no final do primeiro ano?). Pois é meu sonhado ano de au pair acabou. Nem vi passar sinceramente. E vou dizer aqui pra todas as meninas que estiverem sonhando em ser au pair e por acaso (ou naum) esbarrarem aqui procurando informações: valeu muito a pena sim!

Minha experiencia foi sem igual por que eu me abri pra uma experiencia totalmente nova. Nada do que me disseram pra esperar do programa de au pair aconteceu comigo. Meu treinamento foi unico, minha familia é unica, minha kid é sem igual, os amigos poucos que eu fiz sem comparações, o lugar onde eu vivo inacreditavel. Meu programa de au pair valeu a pena cada dia, bons e ruins. Todas as superações, todas as surpresas, realizações, aprendizado.

Melhorei meu ingles e muito mesmo cuidando de baby. Não só fui tratada como membro da familia, fui adotada por uma nova familia. Aprendi a dirigir, aprendi a me localizar, aprendi qual é a direita e qual é a esquerda e aprendi a usar todos os pontos cardinais. Aprendi a comer comida de milhares de lugares diferentes. Aprendi a ser muito mais gentil e educada. Aprendi a correr atras, a acreditar e a realizar meus objetivos, mesmos os pequenos do dia a dia. Aprendi a conviver melhor. Aprendi a lidar com meu eu controlador num lugar com um outro EU controlador muito forte. Aprendi a mudar minhas atitudes pra mudar meu relacionamentos. Aprendi a amar incondicionalmente e compreendo a dor da minha mãe ao me ver partir. Aprendi que há pessoas absurdamente maravilhosas nesse mundo. Aprendi muito sobre mim. Aprendi italiano. Aprendi baby sign language. Aprendi a pescar. Aprendi tantas musiquinhas infantis que perdi a conta. Aprendi tanta coisa que perdi a conta.

Ainda não aprendi a deixar de ser besta, mas estou quase lá.

Sim me arrependi de algumas coisas, sim tive dias muito ruins, mas escolhi não focar neles. Não é facil não, não é um mar de rosas, mas é muito bom.

Tão bom que eu resolvi ficar mais um ano. Ainda sou au pair sim, com muito orgulho. Como todo e qualquer trabalho, as vezes enche o saco, mas a recompensa é muito mais valida. Nada como ser valorizada, nada como ser verdadeiramente amada pelo seu pequeno "cliente" e pelos seus "chefes".

Só pra ficar na memoria vou contar uma pequeno momento em minha vida recente que demonstra o que é ser au pair pra mim.

Estava viajando com a minha hostfamily na casa do pai do meu host em Minnesota. Meu "quarto" era o jardim de inverno cujo a porta de vidro ficava na cozinha. Todos os dias as 6 da manhã meu bebe acordava. Os pais iam pra cozinha pra dar cafe da manhã pra ela. Quando ela me via no meu "quarto" dormindo ia correndo e batia na porta sem parar até eu acordar. Sim eu ficava muito p da vida, principalmente porque ninguém ia la tirar ela. Eu prontamente comecei a ignora-la e ela parou de insistir. Uma certa noite fez bastante frio. Pela manhã ouvi a vozinha da minha pequena e o barulho da porta abrindo. Acordei pensando, como assim ela conseguiu abrir a porta! Não abri o olho para naum encoraja-la e logo senti um cobertor sendo colocado sobre mim. Mais tarde quando levantei meu host veio se desculpar por entrar no meu quarto, mas é que tinha esfriado bastante e ele estava preocupado pensando que eu estava passando frio.

Com isso eu deixo esse blog. O video blog q tentei fazer foi um fracasso e será deletado. Me desculpem os erros de portugues mas esta tarde e eu to cansada.

Espero que isso sirva de alguma maneira a alguém. Essa foi e esta sendo minha experiencia como au pair. Experiencia que apesar dos pesares vale e muito a pena. Mas também quero dizer que o melhor conselho que eu recebi sobre intercambio foi: "nunca se prenda na experiencia dos outros. Não importa o quão parecido, a experiencia de cada um é sempre diferente."

5 comentários:

Bela disse...

"nunca se prenda na experiencia dos outros. Não importa o quão parecido, a experiencia de cada um é sempre diferente."

Muito verdade! E vamo que a luta continua. Mais um ano comecando e muita coisa ainda pra aprender e curtir tb que a gente merece, rs.

Bjao amiga ;*

Gisa disse...

Nossa....Estou feliz por vc amiga!!!

Estou ainda mais feliz q eu fiz digamos que parte dessa sua felicidade, dando essa familia maravilhosa pra vc...e em recompensação, vc me ajudou mto ai!!

Sucesso gatona...saudades enormes!!!

bjosssssss

GI.


OBS: vc falou tudo!!

"nunca se prenda na experiencia dos outros. Não importa o quão parecido, a experiencia de cada um é sempre diferente."

Gaby disse...

Carlinha, q post maravilhoso! Nossa, acabei de postar no meu blog e aí sempre dou uma lidinha nos outros... Acabei de postar justo sobre o programa de Au Pair, tava aqui pensando em tudo.. enfim, tô sem palavras! Meus olhos encheram dágua com a atitude do seu host! Inacreditável mesmo! Pelo menos pra mim, q só conheci americanos q só se importam com si próprios...
Bom, eu gostava de ler seu blog, mas entendo perfeitamente o seu motivo. Eu pensei q não tinha mais motivos pra postar, mas acho q ainda vou tentar de vez em quando...
Um beijão e saudades já!!

Juliana disse...

Amei Carlinha! Fechou com chave de ouro!!!
Beijo Grande!
Sucesso sempre!

Bruna França disse...

Querida Carla,
Comecei a ler seu blog desde a epoca em que decidi ser au pair, acho q foi em Janeiro (se nao me engano)...
...Hoje estou feliz da vida com uma host family maravilhosa aqui no Missouri.
Fiz um blog e no meu 1o post eu o dedico a todas as au pairs conhecidas e desconhecidas que com seus blogs foram as maiores incentivadoras da minha viagem - e uma das que mais lembrei nesse momento foi VOCE.
Voce nunca vai entender o quanto me ajudou, Carla. Nunca.
Obrigada por cada linha que escreveu, me encorajou de verdade.
Um grande abraco da sua eterna leitora e fa