domingo, 14 de setembro de 2008

TUDO novo

Acabei de passar a quantidade de tempo mais absurda do mundo arrumando uma cama. 30 minutos arrumando uma cama, meia hora, MEIA HORA!!! Depois dos primeiros minutos e eu ainda muito confusa em relação a que lençol ia aonde e pra que lado ele ficava, eu comecei a rir de mim mesma. A cama ta lá feita. Não sei se satisfatorio mas ta feita e eu estou muito cansada.

Quando você muda pra outro pais tem que se adaptar com tudo novo, é impressionante. Usar o forno é um desafio porque a temperatura é outra. Quantidades também, porque eles não usam ml ou kg e sim ounces e pounds. E distancias, que eu já não sou boa em metros e kilometros avalia quando meu host diz, vc tem que estacionar a mais ou menos um pé da calçada. Tá, ahan, sei.

Ainda não consegui comprar maquiagem, sempre que vou na loja ou na farmacia fico horas tentando entender o que é o que. Fui na farmacia comprar sabonete liquido e devo ter levado mais ou menos uma meia hora procurando, isso porque eu sabia a marca que eu queria.

É engraçado isso e meio que faz você hesitar(?sp). Também é engraçado ver como as pessoas simplismente não vêem isso, pra elas é natural você ir no supermercado e quando chega no caixa você mesmo passa o cartão. Isso faz a gente pensar em quantas coisas pra nós é normal e pros outros é de outro mundo. =)

O Dilema das Férias

video

Tive que escolher entre ficar aqui nos EUA, ir conhecer algum lugar novo e passar Natal e Ano Novo abrigada na casa de alguma amiga ou ir pra casa passar as festas (incluindo a minha festa de aniversario) com a minha família e amigos. Por um momento eu naum sabia o q fazer. Queria muito ir pra casa, rever todo mundo, Natal é muito especial pra mim pois é meu aniversário. Também queria aproveitar minhas férias aqui conhecendo algum lugar legal, afinal não terei oportunidade de viajar pelos EUA denovo. Foi um dilema. Sem contar que a passagem pro Brasil é caríssima e com esse dinheiro eu poderia fazer tanta coisa aqui.

Mas parei pra pensar e percebi que o que eu queria mesmo mesmo era ir pra casa. Tentei imaginar como seria passar o Natal sem a minha família e vi que não importasse o lugar que eu estivesse meu Natal ia ser miserable (muito triste) se eu não estivesse com a minha família. Vi que não tem nada material que eu gostaria de comprar que valesse mais que passar o Natal com a minha família e estar junto dos meus amigos denovo. Eu queria muito ser o tipo de pessoa desapegada que encara o mundo, que quer conhecer o novo não se importa com essas sentimentalidades de passar Nstal com família. Mas eu não sou. As pessoas na minha vida são muito importantes pra mim e há certas coisas e momentos na minha vida que eu quero estar junto delas. Não tem dinheiro que pague isso. Graças a deus, meus hosts pagaram uma parte consideravel da passagem e meu pai pagou o resto. Serei eternamente grata. E dia 21 de dezembro to chegando ai no Rio!!!

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

New Routine - Nova Rotina

Já fazem quase sete semanas que eu estou aqui na family mas ainda me sinto em periodo de transição. Sabe quando você sabe que as coisas não são estáveis ainda então você meio que deixa rolar e não espera nem se cobra muito? Só que esses dias parei pra pensar, bem não estou aqui a tão pouco tempo assim. Acho que a desculpa de "acabei de chegar, ainda estou me adaptando" já ta ficando passada. Já esta na hora de eu me sentir mais confortavel em fazer as coisas aqui na casa (já consigo abrir o armario pra comer e até preparar um ovinho frito com arroz pro almoço - sério comida ainda é uma dificuldade). Já ta na hora de eu aprender o caminho dos lugares e parar de me perder e fazer os outros se perderem (pobre Aline e Marianna). Já tá na hora de eu começar a dirigir decentemente!

Algumas coisas finalmente comecei. Segunda foi minha primeira aula de italiano. Estou estudando italiano com o host. Como perdi o prazo de inscrição pros cursos que eu queria fazer no college (Faculdade) devido ao minha desculpa "acabei de chegar, estou me adaptando" ia ficar sem estudar esse semestre. Só que meu host resolveu voltar a estudar italiano (pq eles vão pra Italia no Natal) e perguntou se eu queria fazer com ele. Beleza, vamos lá. Adoro estudar linguas. A aula foi melhor do que eu imaginava, tudo bem que só tinha de coroa pra velho mas a professora é ótima e a aula foi bem divertida. Estou gostando desse negócio de estudar aqui no EUA e eu acho que sou a primeira au pair da historia a estudar com host heheheheehehe.

A M voltou a trabalhar semana passada então as coisas estão parecendo mais sérias também. Tenho uma rotina mais decente e sexta vou até trabalhar das 7h as 5h sem parar :o

Essa é a minha routina agora. Horários mais consistentes de trabalho, aulas toda segunda a noite, encontro de au pairs toda terça e fim de semana sempre em aberto, mas nunca jamais vazio. Ah também vejo Jon and Kate plus Eight todo dia depois do almoço heehhehehehehehe

Ponto alto da semana

- Caçar largatixa que tava no banheiro lá na casa da Marianna. Visualiza: eu de joelhos no vaso com uma caixa de madeira (dessa de decoupage) tentando pegar a largatixa e a Marianna tendo um filho do lado de fora do banheiro.

- Eu e Marianna perdidas em SF por minha causa como sempre (meu jesus como eu me perco nesse lugar, Aline já aprendeu a não seguir minhas direções). Horas paradas no ponto esperando um onibus que não passava aquele dia.




- Descendo a Lombard street, a rua mais fofa que eu já vi.



- Reencontrar a amiga Gi!



- Ser parada pelo policial no caminho pra casa porque a Marianna ultrapassou um Stop sign. Momento mais filme de mi vida.

- Chegar em casa e encontrar um jogo de arcade (sabe fliper que tem no brasil?) na lavanderia e escutar meu host se gabar que pagou $X(o mesmo valor do meu salario semanal) por ele e depois dizer "of course I`d rather have you here for a week" (é claro que eu prefiro você aqui por uma semana) - ele é sweet (um doce) desse jeito.

Perguntas e Respostas

Por que você só usa as iniciais dos seus hosts?
Porque eles não gostam de se expor na internet. Morrem de medo de alguém do trabalho resolver fazer uma pesquisa com o nome deles e encontrar coisas não muito legais. Tá né.

Por que suas roupas encolheram?
Porque aqui você lava a roupa na maquina e coloca na secadora depois e a secadora faz a roupa enconlher.

Como você faz com o teclado no seu laptop? Tem os acentos?
Tem os acentos mas a principio eles não funcionam. Você tem que configurar no Painel de Controle a lingua pra Português Brasil e o teclado pra Inglês Internacional.

Você me ama?
Sim eu ainda amo todos vocês! E não, não estou bebada.

Você quer mandar um beijo pra alguém?
Sim, pra minha mãe, pro meu pai e pra você!

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Arroz e Feijão

Ontem meus hosts resolveram que eu ia fazer o jantar. Já falei que a M é quase uma chefe de cozinha? Pois é mó pressão. Os dois tavam num bom humor o dia todo e eu morrendo de pena deles coitados, mal sabem eles que eu nunca tinha feito feijão na minha vida hahahahahaha

Então tá fui na net vi a receita e fiz, feijão, arroz, bife acebolado e pudim de sobremesa. Eles comeram na boa e elogiaram o feijão. Reconheço que a carne ficou ressecada porque eu tive que fazer correndo e o arroz é arroz né gente tem gosto de nada. Ai na hora do pudim deu tudo errado ele não saiu da forma de jeito maneira, mas ta beleza ficou gostoso.

Só que aqui eles jantam e só no final da noite comem a sobremesa. Ai tá, jantamos sentamos na sala cada um com seu laptop (é pois é) e depois a M trouxe a sobremesa. Eles elogiaram denovo (muito do elogio creio eu é educação, não to me gabando não). Ai mais tarde um pouco eu levantei pra ir dormir que tava exausta (fazer feijão cansa) peguei os pratos e levei pra pia na boa. Vi que no prato do A tinha metade do pudim mas nem liguei, achei que ele tinha deixado por qualquer motivo.

Fui mimir feliz, quando acordei demanhã entrei na net pra mandar um e-mail pra minha irmã e tinha um e-mail do A fofissimo pedindo desculpa por ter deixa o pudim no prato, dizendo que não tinha feito por mal, que ele tinha gostado e agradecendo por eu ter feito a comida. Muito fofo. Ai eu não aguento.

Noticias boas e ruins:

Fui almoçar ontem com a Aline e conheci duas dinamarquesas muito legais. Reclamei das outras au pairs que eu tinha conhecido que meio que me despresaram e elas sugiraram que nós fizessemos um encontro semanal que nem elas fazem (acho que não contei isso, soube atraves da Marianna que há um encontro semanal de au pairs num cafe aqui. fui com ela e cheguei lá só tinha alemã e suiça coisa do tipo. não me senti nada bem vinda e achei muito estranha que não tinha nenhuma brasileira. au pair brasileira é o que mais tem gente como assim! alguma coisa tinha). Fiquei feliz!

Demanhã descobri que minha querida amiga Marianna, amiga de fé irmã camarada, pediu rematch. Situação chata porque ela é au pair dos amigos dos meus hosts e eu fiquei meio que no meio da situação. Fiquei triste.

De resto ta tudo bem. Estou feliz que me sinto cada vez mais avontade na casa e com os hosts. Também to precisando comprar roupa de usar em casa que as minhas tão encolhendo!!!

bju!